Londrina

Clube de harleyros busca empoderar mulheres em Londrina

Há um ano, Erica Ferraz Marangoni deixou de ser garupa na Harley-Davidson do marido e comprou sua própria moto. “Cansei de ver o mundo passar de lado; pilotar é tudo”, declara. Hoje, Erica é líder do Ladies of Harley, braço do Harley Owners Group de Londrina (HOG Londrina) que visa atrair mulheres para o universo mítico da marca.

“O meu papel dentro do HOG é incentivar as mulheres a participarem dos eventos, das campanhas beneficentes. A gente também incentiva passeios curtos para as meninas começarem a pilotar”, explica. Atualmente, o grupo das “ladies” no whatsapp reúne 87 mulheres, cerca de 20 pilotos.

Mas que fique claro: para ser uma Ladie of Harley não é obrigatório pilotar, as garupas também são indispensáveis nos eventos e promoções do clube.

harley (17)xx

Erica e sua Street Glide

Paixão

A primeira moto de Erica foi uma Deluxe, equipada na linha 2017 com motor 103, de 1.700cc. A paixão cresceu e, no mês passado, se transformou em uma imponente Street Glide, equipada com a nova motorização 107, de 1.745cc e 148 Nm de torque (15 kgfm). (conheça outras motos da linha 2018 aqui)

Para Erica, ter uma Harley significa abraçar um estilo de vida apaixonante. Ela conta que o ambiente criado pelos harleyros nos encontros é de amizade, companheirismo e integração.

“É um mosquitinho que pica e você vira harleyra”, afirma.

Objetivo

Leandro Guilherme Pascholatti, fotógrafo do HOG Londrina, explica que o objetivo máximo do clube é agregar pessoas e, claro, fidelizar clientes à marca. Trazer as mulheres para o universo do motociclismo faz parte da iniciativa de transformar um ambiente hegemonicamente masculino em um ambiente familiar.

harley (16)xx


Leandro no lançamento da linha 2018 da Harley

“O Ladies of Harley é um braço do HOG para incentivar as mulheres a pilotarem e as garupas a estarem presentes; não ser só um ambiente masculino, mas familiar”, pontua.

O HOG foi criado, mundialmente, em 1983 pela Harley-Davidson como uma forma de agregar pessoas para se divertirem e passearem de moto. O clube promove confraternizações e ações filantrópicas. Hoje é um dos maiores clubes de motociclismo do mundo, com cerca de 2,8 milhões de inscritos.

2 pensamentos sobre “Clube de harleyros busca empoderar mulheres em Londrina

  1. Realmente é apaixonante andar de Harley Davidson, você vê o mundo mais colorido,consegue sentir a natureza de perto, aliás você faz parte dela. As amizades lá é o que tem de melhor. Eta povo animado😍

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s