Londrina

Com protótipo Predador, Duda e Jair Bana vencem 500 Milhas de Londrina

Enfrentando chuva e problemas mecânicos, a dupla Duda e Jair Bana saiu vitoriosa da 26a edição das 500 Milhas de Londrina com o protótipo Predador. Mais rápido durante todo o evento, o carro n. 35 perdeu posições após problemas no amortecedor, ainda na primeira metade da prova. Duda e Jair ainda tiveram problemas com pneu furado, mas retomaram a liderança na volta 210 e mantiveram até a bandeira quadriculada. Desde 2011 o protótipo Predador não terminava uma 500 Milhas de Londrina.

Com essa vitória, Jair Bana sagra-se o maior vencedor da prova, com quatro triunfos na geral (1995/2001/2010/2017) – três delas ao lado do filho, Duda Bana. “Não foi fácil, tivemos vários problemas durante toda a prova, como o amortecedor e depois um pneu furado, além da chuva, mas fizemos uma boa corrida e o resultado foi muito bom”, comentou Jair.

_DSC0172

Protótipo Predador no grid de largada 

A prova

Logo na volta 14, a Ferrari n° 23 da equipe Greco Competições parou nos boxes devido a um problema no escapamento do carro, tirando a chance dos pilotos Fabio Greco, Renato Catalini e Guilherme Salas de lutar pela vitória. A Ferrari ainda conseguiu voltar à pista mas com muitas voltas de desvantagem, mesmo assim ficando com a melhor volta da prova.

20171125_162728

Ferrari n.23 parou na volta 14

Com a forte chuva que atingiu o Autódromo de Londrina na 56ª volta os pilotos foram obrigados a parar para instalar pneus de chuva em seus carros. A chuva diminuiu, mas até o final a pista permaneceu molhada, com poucos momentos onde alguns tentaram instalar novamente pneus de pista seca – sem sucesso.

Na volta n° 126 o protótipo Predador foi obrigado a parar no box com problema no amortecedor, perdendo a liderança para a dupla Sergio Pistili e Valter Pinheiro com um protótipo Spyder da equipe paulista AT Autosport. Os paranaenses retornaram à pista na 3ª colocação, seis voltas atrás dos novos líderes para começarem uma prova de recuperação.

A vitória

Emocionado, Jair Bana comentou sobre ter se tornado o maior vencedor na geral da prova: “É uma emoção ainda maior, estou muito feliz”, encerrou, ao descer do pódio para receber pela quarta vez o troféu permanente das 500 Milhas de Londrina como vencedor na geral.

A segunda colocação na prova ficou com Pistili e Pinheiro, também vencedores na categoria III, seguidos pelo Cobalt V8 de Ney Faustini, Ney de Sá Faustini e Edras Soares. Quarto colocado na geral o mineiro Mallaco Maam foi o grande vencedor na categoria II.

Governador do estado do Paraná, Beto Richa participou mais uma vez da tradicional prova vencendo na categoria IV com a Maserati n° 9 ao lado de Caco Almeida, Eduar Merhy Neto e Marcelo Karam. Na categoria V mais uma vitória da família Pardo (a 7ª vitória na categoria, sempre com o mesmo carro) – com Admir, André e Diego Pardo ao volante do Aldee n° 40. Admir e Diego também tornam-se os maiores vencedores da prova com vitórias em categorias, com 7 triunfos.

Algacir Sermann e Roberto Tassi foram os vencedores na categoria VI com o VW Gol n° 30, enquanto o simpático Speed n° 12 de Cesar Ferro e Marcelo Rampazzo conquistou a melhor posição na categoria VII.

A prova de 2017 contou com transmissão ao vivo transmitida pelo Facebook das 500 Milhas de Londrina e pelo site Racing Online, contando com mais de 8 mil visualizações.

Confira o resultado final da prova:

1) 35-Jair/Duda Bana (I), com 263 voltas em 6h36min55s381
2) 151-S.Pistili/V.Pinheiro (III), à 2 voltas
3) 25-E.Soares/Ney R/Ney Sa Faustini (I), à 9 voltas
4) 128-M.Maam/C.Antunes (III / II), à 20 voltas
5) 79-R.Furquim/B.Borghesi/V. Penques (III / I), à 20 voltas
6) 226-M.Marcondes/L.Borghesi/C. Ramos (III / I), à 22 voltas
7) 9-C.Alberto/E.Neto/C.Almeida/M. Karam (IV / I), à 23 voltas
8) 38-Bley Jr/A.Moreira (III / II), à 23 voltas
9) 30-A.Sermann/R.Tassi (VI), à 32 voltas
10) 66-S.Martinez/Luc Monteiro/J. Tinoco (III), à 39 voltas
11) 72-C.Alejandro/J.Vilela (III), à 40 voltas
12) 23-R.Cattalini/F.Greco/G.Salas (I), à 49 voltas
13) 3-L.Crestani/C.Ricci/B.Borghesi (II), à 61 voltas
14) 10-L.Abbade/R.Dal Pont (III / II), à 67 voltas
15) 78-P.Ferter/L.Yoshi (III), à 90 voltas
16) 27-V.Weiss/T.Espolador (VI), à 96 voltas
17) 146-R.Perez/J.Cordova (I), à 114 voltas
18) 12-C.Ferro/M.Rampazzo (VII), à 123 voltas
19) 40-Diego/Andre/Admir Pardo (V), à 143 voltas
20) 107-J.Weiller/J.Ademir (V / IV), à 147 voltas
21) 73-Leandro/Gabriela Totti/M. Tumiate (II), à 170 voltas
22) 45-C.Ricci/P.Totaro/M.Marcondes (D/A), à 188 voltas
23) 33-R.Bau/A.Morais (V), à 236 voltas

Melhor volta: R.Cattalini/F.Greco/G.Salas (23), 1:13.903 na 49ª volta

(Com informações da assessoria. Fotos: Cecília França)

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s