Elétricos

Quase 95% dos veículos do mundo são poluentes

Quase 95% dos veículos produzidos no mundo – 94,7%, exatamente – são emissores de gases de efeito estufa, enquanto apenas 4,9% são veículos híbridos com baixo nível de emissões e 0,4% são veículos elétricos, isto é, zero emissão. Os dados foram apresentados nesta semana pelo presidente da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), Ricardo Guggisberg, durante o Workshop Plano Nacional de Energias Renováveis, realizado na Câmara dos Deputados.

Segundo Guggisberg, as elevadas taxas de poluição atmosférica e os acordos internacionais para conter as mudanças climáticas impõem o desafio de diversificar os combustíveis utilizados pela população e, ao mesmo tempo, promover o uso de tecnologias mais limpas.

Entre 2010 e 2015, foram emplacados no Brasil 2.137 veículos leves híbridos e movidos a eletricidade, o que representa menos de 1% da malha nacional. A projeção da Empresa de Pesquisas Energéticas é de que até 2025, esses veículos representem 1,5% da frota nacional, saltando para 60% em 2050.

Para a ABVE, é preciso que haja uma política pública de incentivo às tecnologias limpas para que isso aconteça. Entre os pleitos da associação estão a regulação da venda do combustível energia, a aprovação de infraestrutura para recarga para elétricos e a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

“A redução de IPI possibilitaria a popularização dos produtos e o crescimento do consumo, ou seja, é um forma de estimular o mercado do veículo elétrico”, explicou Guggisberg. “No Inovar-Auto, veículos que economizarem 15,46% terão 1 ponto percentual de desconto no IPI e os que economizarem 18,84% terão 2 pontos percentuais de desconto no imposto, enquanto o veículo elétrico continua pagando 25% no IPI”, destacou.

Oferta

Quem quiser comprar um veículo elétrico no Brasil não vai encontrar oferta. Apenas o modelo i3, compacto da BMW, é ofertado no varejo por aqui. Mas talvez a montadora que tenha as melhores iniciativas neste sentido em solo nacional seja a Renault, parceira da Itaipu Binacional, onde monta veículos movidos a energia, fornecendo-os para uso da hidrelétrica e de outras empresas.

Ônibus verdes

No transporte coletivo urbano, os veículos elétricos já são uma realidade no território nacional e representam um grande ganho nas questões de saúde pública e redução das emissões de CO2. Atualmente, o Brasil conta com três polos industriais que já estão fabricando ônibus elétricos: São Paulo, Campinas e Curitiba.

Com informações da Textofinal de Comunicação Integrada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s